GREVE DOS CAMINHONEIROS, TRANSTORNOS À ECONOMIA E À SAÚDE, AUTOMÓVEIS


Nossa dependência aos derivados do petróleo para o transporte em todo o país nos tem trazido prejuízos incalculáveis.

Rodovias monopolizam os deslocamentos de homens e riquezas em todo o território nacional.

A greve dos caminhoneiros incentivada por empresários paralisou o país e deu mostra de quanto dependemos de um meio de locomoção poluidor que causa transtornos à economia e à saúde.

Hoje, as cidades se transformaram em concentrado de automóveis movidos a combustível fóssil extremamente poluente.

Pedestres, ciclistas, cadeirantes e corredores de rua correm risco constante.

Esperamos que esta greve de caminhoneiros nos faça refletir sobre meios de transporte que não causem tantos prejuízos econômicos, sociais e à saúde e produza mais estradas de ferro, mais hidrovias, mais ciclovias, mais trens, mais parques, mais atividade física e, consequentemente, mais saúde e qualidade de vida.

Roberto Losada Pratti

Presidente do IPOMATES

    This site was designed with the
    .com
    website builder. Create your website today.
    Start Now