CONDICIONAMENTO FÍSICO E DEMÊNCIA


Recente pesquisa realizada na Suécia concluiu que aqueles que apresentaram melhor condicionamento físico teriam uma menor chance de apresentar um quadro de demência durante seu envelhecimento.

A explicação fornecida pelos pesquisadores foi que, à semelhança do que ocorre com o sistema cardiovascular que é extremamente beneficiado com a atividade física, também o cérebro receberia melhor suprimento sanguíneo que impediria sua degeneração.

Outras pesquisas também têm revelado que há uma estreita relação entre um estilo de vida ativo e a Doença de Alzheimer. Quanto mais ativa for a pessoa, menor a probabilidade de o cérebro degenerar.

As pesquisas sobre os efeitos positivos do condicionamento físico sobre a saúde mental vêm de encontro a tantos outros estudos que provam que o movimento, e não o repouso, proporciona qualidade de vida.

Roberto Losada Pratti

Presidente do IPOMATES

    This site was designed with the
    .com
    website builder. Create your website today.
    Start Now