AUTORIDADES NÃO DÃO PROTEÇÃO A PEDESTRES, CICLISTAS E CORREDORES

A prioridade dada pelos governos ao transporte individual têm levado caos ao trânsito, e vitimado pedestres, ciclistas e corredores.

A total ocupação das ruas pelos automóveis, das praças pelos usuários de drogas e moradores de rua, transformou os espaços públicos em áreas que o indivíduo não pode utilizar, apenas usa perigosamente para deslocamentos.

As pessoas se refugiam em seus apartamentos com medo das ruas, vivendo um sedentarismo sem limites, que é considerado o principal fator de risco para as doenças.

Tudo isso vai na contramão do que ocorre nas principais cidades do planeta, onde são priorizados o pedestrianismo, o uso de bicicletas, e os jardins e parques públicos onde crianças, adultos e idosos exercitam seus músculos e praticam todo o tipo de atividade física.

Há de se pensar em modificações nas políticas públicas, pois, além das vítimas do trânsito, provocam o sedentarismo e uma péssima qualidade de vida.

Roberto Losada Pratti

Presidente do IPOMATES

    This site was designed with the
    .com
    website builder. Create your website today.
    Start Now